quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Antônio Alvarez Parada: Meu nome, crianças, é Macaé




Quem não conhece a história da cidade de Macaé (RJ) é uma boa oportunidade através deste raro livro, "Meu nome, crianças, é Macaé", de Antônio Alvarez Parada. História contada com graça, o livro tem uma leveza e alegria de escrita peculiar de seu autor.

"Mas, aqui prá nós, pois ninguém nos ouve. Eu mesma, sinceramnte, não gosto do apelido. De Princesinha do Atlântico talvez quantas outras cidades, daqui ou do estrangeiro, sejam chamadas! Mas Macaé, não. Macaé só eu. Modéstia à parte."
"Mas o que fazer, se até oficialmente, legalmente, eu sou a Princesinha do Atlântico? Nâo podendo fugir do apelido, vá lá! Sou princesa."
"Quero, porém, ao me verem assim promovida a princesa, que me enxerguem como sou. Princesa índia, pois foi dos índios minha origem. Negros e lisos são meus cabelos, como negros são meus olhos. E morena minha pele."

Parece que a leitura agrada a criancinhas e não somente. O livro é estudado por universitários do país e tem artigos científicos que fazem estudo específico ou referência ao mesmo.

Antônio Alvarez Parada com toda a humildade que só um grande homem possui, já inicia esclarecendo que 'na falta de conhecimentos mais profundos, de escrever algo realmente digno do título de História de Macaé', por isso, 'o jeito era contar histórias de Macaé.' Relata ainda que 'é um livro para crianças, na dedicatória, na linguagem, na profundidade. Ou, ao menos, teve essa intenção'. Bom, isto é verdade, pois conseguiu atingir a criança que existe em todo macaense ou aquele que teve ou tem a possibilidade de aqui nesta linda terra estar.

Seja através do incentivo dos amigos, empresarial ou próprio, A A Parada conseguiu transformar uma leitura que poderia ter sido científica em uma leve história para a criança que fomos, somos ou pretendemos ser. 

4 comentários:

  1. As vezes não é a forma complicada de contar um história que se ganha leitores, mas sim a forma de contar uam boa história, leve, em seu próprio eixo e por ai vai...

    Fique com Deus, senhorita Lígia Guedes.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Olá Lígia,

    Belo Blog...voto retribuído!

    T+,
    Luís Lopes

    ResponderExcluir
  3. Olá Ligia!
    Sou professora da rede municipal de Macaé. Estamos desenvolvendo neste bimestre um projeto sobre Macaé. Fiquei muito interessada em no livro que vc comenta acima. Onde posso adquiri-lo. Gostaria muito que meus alunos tivessem contato com esta obra. Se houver outras informações também estou interessada. meu email é carlaleobaldo@gmail.com . Aguardo contato. Obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Tia Carla,

    Infelizmente somente agora vi tua postagem.
    Adquiri olivro em um sebo.
    Esperoque tudo tenha corrido bem com tua pesquisa.
    Já conhece o blog Preserve-Muda-Brasil que também fala da terrinha querida?

    http://preserve-muda-brasil.blogspot.com/

    Abraços.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails