quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Noah Gordon - O Físico


Noah Gordon - O físico

O fisico / Noah Gordon: tradução de Aulyde Soares Rodrigues. - Rio de Janeiro: Rocco, 1988. 


Maravilhosa narrativa!

O físico, de Noah Gordon, relata a trajetória de vida miserável do jovem Rob J., na Inglaterra do século XI, partindo para a Pérsia, determinado na causa humanitária da arte do conhecimento científico, da Medicina, onde surgiram suas primeiras descobertas.

Dos primeiros parágrafos, vê-se a narrativa diferente do filme "O físico" onde Rob J. fica órfão de pai e mãe.

"Finalmente os gritos desesperados atraíram a atenção de uma parteira que passava, uma velha mais ou menos bêbada, que afastou os espectadores do estábulo com palavrões. Voltando-se, observou Agnes com desgosto.
- Os malditos homens te enterraram na merda - resmungou.
Não havia lugar melhor para levar Agnes. A mulher levantou a saia dela até acima da cintura e cortou a roupa de baixo; então, no chão, de frente para a vagina dilatada, afastou a palha cheia de esterco com as mãos, que depois limpou no avental sujo.
Tirou do bolso um vidrinho de gordura escurecida com o sangue e os líquidos de outras mulheres. Tirando um pouco da gordura rançosa passou-a nas mãos até ficarem bem lubrificadas, então enfiou dois dedos, depois três, depois toda a mão no orifício dilatado da mulher que uivava agora como um animal.

- Vai doer duas vezes mais, dona - disse a parteira, lubrificando os braços até os cotovelos. - O bandidinho pode morder os dedos dos pés se quiser. Está vindo sentado."

Rob J., tem o dom especial de pressentir a morte iminente de um ser humano, seja ele um familiar ou  um desconhecido.

"Pálido e fraco, Nathanael estava deitado imóvel. Várias vezes pensou que o filho fosse Agnes e tentou segurar a mão dele. Mas Rob, lembrando do que tinha acontecido quando a mãe estava doente, evitou o contacto.

Mais tarde, envergonhado, voltou para o lado do pai. Segurou a mão áspera e calosa de Nathanael, notando as unhas duras e quebradas, a pele encardida, os pêlos escuros e ásperos.

A mesma coisa aconteceu então. Teve a sensação de que alfo diminuía, como a chama de uma vela se apagando. Vagamente compreendeu que o pai estava morrendo e que ia acontecer muito breve, e foi dominado por um terror mudo, como quando sentiu que a mãe ia morrer.

Além da cama estavam seus irmãos. Rob era novo mas muito inteligente e um impulso imediato e realista suplantou sua mágoa e a agonia do medo.

Sacudiu o braço do pai.
- Agora, o que vai ser de nós? - perguntou em voz alta, mas ninguém respondeu."

A construção perfeita dos personagens, com mergulho no detalhamento da condição de vida física quanto social e psicológica .

Narrativa intensa de ação, iniciada com o jovem deixando sua terra natal para o mundo exterior, místico e desconhecido, como aprendiz de barbeiro, uma forma inicial de sobrevivência.


Noah Gordon, ex-repórter e editor de obras científicas, autor de alguns best-sellers memoráveis nos Estados Unidos, como The Rabbi, The Jerusalem Diamond e The Death Committee, Noah Gordon é técnico de Medicina de Emergência e está terminando o segundo volume de uma série dedicada a uma dinastia de médicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails